Principais patologias


Nervo periférico


O sistema nervoso periférico (SNP) é a parte do sistema nervoso que se encontra fora do sistema nervoso central (SNC). É constituído por fibras (nervos), gânglios nervosos e órgãos terminais.

A função do sistema nervoso periférico (SNP) é conectar o sistema nervoso central com as outras partes do corpo humano: músculos, cápsulas, pele, olhos, ouvido, nariz etc.

Os nervos se dividem em três tipos:

  • Nervos Sensitivos: são os nervos que têm o papel de transmitir os impulsos nervosos do órgão receptor até ao SNC;
  • Nervos Motores: conduzem o impulso codificado no encéfalo (SNC), até ao órgão efetor;
  • Nervos Mistos: tem o mesmo papel que os nervos  sensitivos e motores ao mesmo tempo

Várias doenças podem acometer os nervos periféricos: doenças reumáticas, doenças neurológicas, desnutrição, doenças autoimunes, doenças infecciosas como a hanseníase, mas o mais importante para a cirurgia da mão são as lesões traumáticas com perda da continuidade do nervo periférico.

No caso da hanseníase, a cirurgia da mão atua tanto na descompressão e limpeza do nervo periférico ( neurólise, microneurólise ), quanto no tratamento das deformidades secundárias como transferências tendíneas, tenodeses, cirurgia “do laço”, etc.

No caso de lesão traumática aguda, está indicada a microneurorrafia com ou sem enxerto nervoso, conforme extensão da lesão do nervo periférico. No caso de lesão crônica de nervo periférico, realizam-se várias técnicas cirúrgicas: transferências tendíneas, tenodeses, capsulodeses, artrodeses, etc, a depender do nervo periférico acometido.